• CS Compusoftware apresenta solução de gestão inteligente para empresas avícolas no

    Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), em São Paulo

    CS Compusoftware apresenta solução de gestão inteligente para empresas avícolas no Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), em São Paulo

     

    A CS Compusoftware participa pela primeira vez do maior e mais importante encontro do setor, o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura – SIAVS 2015, em São Paulo, entre 28 e 30 de julho. A CS apresentará o pacote de softwares de gestão com foco nas empresas avícolas (corte e postura), a ferramenta CS Avicultura.

     

    A característica principal da ferramenta é a administração da produção, além de acompanhar todo o processo de desenvolvimento da postura das aves, classificação dos ovos e gerenciamento da fábrica de ração, permitindo que os gestores dos diversos setores da empresa avícola analisem os resultados num mesmo local, tornando fácil e precisa a tomada de decisões.

     

    Mauricio Mantovani, consultor de vendas na CS, explica o funcionamento da ferramenta, que já é referência entre as empresas que buscam a realização de tarefas integradas, agilizando processos, reduzindo custos operacionais e economizando tempo. “Trata-se de um sistema de gestão customizado para as empresas avícolas, que proporciona excelentes resultados em termos de desempenho”, analisa Mantovani.

     

    Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura – SIAVS 2015

    De: 28 a 30.07

    Horário: 11h às 19h

    Local: Anhembi Parque (São Paulo/SP)

    Estande 47

    Site: siavs.org.br

     

    Sobre CS Compusoftware

    A CS Compusoftware desenvolve soluções inteligentes para gestão de negócios para empresas, incluindo serviço de consultoria especializada e fornecimento de softwares integrados, sendo uma importante ferramenta de gerenciamento para tomada de decisão. Este sistema avançado de gestão de negócios busca atender a todas as áreas de empresas, ganhando agilidade e eficiência e reduzindo custos. Mais informações: www.cscompusoftware.com.br

  • CS Compusoftware apresenta solução inteligente para o setor de avicultura durante a 56ª Festa do Ovo (SP)

    CS Compusoftware apresenta solução inteligente para o setor de avicultura durante a 56ª Festa do Ovo (SP)

     

    Empresa mira ainda em 2015 conquistar novos mercados a partir de cases da postura brasileira

     

    A CS Compusoftware participa pela terceira vez da maior feira nacional de avicultura, a Festa do Ovo de Bastos, no interior de São Paulo, que acontece entre 17 e 19 de julho. A CS apresentará o software de gestão com foco no setor de avicultura ao público em seu estande, a ferramenta Compusoft-ERP Avicultura.

    A característica principal da ferramenta é a administração da produção de ovos, além de acompanhar todo o desenvolvimento da postura das aves, classificação dos ovos e gerenciamento da fábrica de ração, permitindo que os gestores dos diversos setores da empresa avícola analisem os resultados num mesmo local, tornando fácil e precisa a tomada de decisões.

     

    Mauricio Mantovani, consultor de vendas na CS receberá os visitantes explicando como funciona a ferramenta que já é tendência entre as empresas que cada vez mais buscam uma maneira para a realização de tarefas integradas, agilizando e economizando tempo. “A Festa do Ovo é uma excelente impulsionadora de contatos, e durante a nossa participação nesses três últimos anos já conquistamos ótimos negócios. Um evento de grande porte onde podemos ter contato com empresas da América do Sul, além das principais empresas do Brasil”, analisa Mantovani.

     

    Festa do Ovo de Bastos

    De: 17.07 a 19.07

    Horário: 14h

    Local: Recinto de Exposições Kisuke Watanabe (Bastos/SP)

    Site: www.bastos.sp.gov.br

     

    Sobre CS Compusoftware

    A CS Compusoftware desenvolve soluções inteligentes para gestão de negócios para empresas, incluindo serviço de consultoria especializada e fornecimento de softwares integrados, sendo uma importante ferramenta de gerenciamento para tomada de decisão. Este sistema avançado de gestão de negócios busca atender a todas as áreas de empresas, ganhando agilidade e eficiência e reduzindo custos. Mais informações: www.cscompusoftware.com.br

  • eSocial – Prazo OFICIAL - Resolução Nº 1 de 24 de junho de 2015

    eSocial – Prazo OFICIAL - Resolução Nº 1 de 24 de junho de 2015

     

    SECRETARIA EXECUTIVA RESOLUÇÃO No - 1, DE 24 DE JUNHO DE 2015

     

    Dispõe sobre o sistema de escrituração digital das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas (eSocial).

     

    O Comitê Diretivo do eSocial, no uso das atribuições previstas no art. 4º do decreto nº 8.373, de 11 de dezembro de 2014, e, considerando o disposto no art. 41 da consolidação das leis do trabalho, aprovada pelo decreto-lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, no art. 1º da lei nº 4.923, de 23 de dezembro de 1965, no art. 14-a da lei no 5.889, de 8 de junho de 1973, no art. 8º da lei nº 6.019, de 3 de janeiro de 1974, no art. 11 do decreto-lei nº 1.968, de 23 de novembro de 1982, no art. 24 da lei nº 7.998 de 11 de janeiro de 1990, no art. 23 da lei nº 8.036 de 11 de maio de 1990, nos incisos i, iii e iv do caput e nos §§ 2º, 9º e 10 do art. 32 da lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, nos arts. 22, 29-a e 58 da lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, no art. 9º da lei n° 9.717, de 27 de novembro de 1998, no art. 16 da lei nº 9.779, de 19 de janeiro de 1999, nos Arts. 219, 1.179 e 1.180 da lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002, nos Arts. 10 e 11 da medida provisória nº 2.200-2, de 24 de agosto de 2001, no § 3º do art. 1º e no art. 3º da lei nº 10.887, de 18 de junho de 2004, no art. 4° da lei n° 12.023, de 27 de agosto de 2009, no decreto n° 97.936, de 10 de julho de 1989, no decreto n° 3.048, de 6 de maio de 1999 e no decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, resolve:

     

    Art. 1º conforme disposto no decreto nº 8.373, de 11 de dezembro de 2014, a implantação do eSocial se dará conforme o seguinte cronograma:

     

    I - A transmissão dos eventos do empregador com faturamento no ano de 2014 acima de r$ 78.000.000,00 (setenta e oito milhões reais) deverá ocorrer:

     

    a) A partir da competência setembro de 2016, obrigatoriedade de prestação de informações por meio do eSocial, exceto as relacionadas na alínea (b);

     

    b) A partir da competência janeiro de 2017, obrigatoriedade da prestação de informação referente à tabela de ambientes de trabalho, comunicação de acidente de trabalho, monitoramento da saúde do trabalhador e condições ambientais do trabalho.

     

     

    II - A transmissão dos eventos para os demais obrigados ao eSocial deverá ocorrer:

     

    a) A partir da competência janeiro de 2017, obrigatoriedade de prestação de informações por meio do eSocial, exceto as relacionadas na alínea (b);

     

    b) A partir da competência julho de 2017, obrigatoriedade da prestação de informação referente à tabela de ambientes de trabalho, comunicação de acidente de trabalho, monitoramento da saúde do trabalhador e condições ambientais do trabalho.

     

    § 1º O tratamento diferenciado, simplificado e favorecido a ser dispensado às microempresas e empresas de pequeno porte, ao Micro Empreendedor Individual (MEI) com empregado, ao empregador doméstico, ao segurado especial e ao pequeno produtor rural pessoa física será definido em atos específicos observados os prazos previstos no caput.

     

    § 2º Aquele que deixar de prestar as informações no prazo fixado ou que a apresentar com incorreções ou omissões ficará sujeito às penalidades previstas na legislação.

     

    § 3º A prestação das informações ao eSocial substituirá, na forma e nos prazos regulamentados pelos órgãos integrantes do comitê gestor do eSocial, a entrega das mesmas informações em outros formulários e declarações a que estão sujeitos os obrigados ao eSocial.

     

    Art. 2º Os órgãos e entidades integrantes do comitê gestor do eSocial regulamentarão, no âmbito de suas competências, o disposto nesta resolução.

     

    Art. 3º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

     

     

    TARCÍSIO JOSÉ MASSOTE DE GODOY p/Ministério da Fazenda

    MARCELO DE SIQUEIRA FREITAS p/Ministério da Previdência Social FRANCISCO JOSÉ PONTES IBIAPINA p/Ministério do Trabalho e Emprego

    JOSÉ CONSTANTINO BASTOS JÚNIOR p/Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República

  • MTE lança medidas de combate à informalidade e sonegação do FGTS

    MTE lança medidas de combate à informalidade e sonegação do FGTS

     

    Brasília, 11/02/2015 – O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) vai apertar afiscalização contra a informalidade e asonegação dos valores devidos ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). As medidas foram anunciadas esta manhã pelo ministro Manoel Dias e devem elevar as receitas do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), do FGTS e da Previdência Social em R$ 5,2 bilhões até o final deste ano.

     

    “Mesmo que tenhamos hoje mais de 50 milhões de pessoas empregadas formalmente e isso é uma grande conquista dos últimos 12 anos, ainda temos 14 milhões de trabalhadores em situação irregular, que não tem acesso aos seus direitos básicos. Isso representa uma sonegação de R$ 80 bilhões por ano à Previdência e ao FGTS, que nós temos que combater pelo bem do trabalhador, tanto na questão dos direitos quanto da saúde dos fundos”, explicou Manoel Dias.

     

    De acordo com ele, os Auditores Fiscais do Trabalho, em todo País, estão dando início à fase 2 do Plano Nacional de Combate a Informalidade dos Trabalhadores Empregados. Ao longo dos últimos seis meses, o MTE trabalhou na preparação desta ação, com a melhoria dos sistemas informatizados, a criação de novas ferramentas de fiscalização, a capacitação dos agentes e a organização de um plano de fiscalização por estado. “Cada estado tem pelo menos uma equipe pronta e com metas a perseguir, a partir de hoje”, continuou.

     

    As ações de fiscalização contra a informalidade acontecem “in loco” nas empresas e tiveram como ponto de partida o mapa da informalidade no País, desenhado a partir da Pnad 2013 e do Censo do IBGE. Uma campanha informativa já foi realizada nos 537 municípios onde as pesquisas apontaram maior informalidade. Pelo menos 554 mil empresas foram notificadas por mala direta. As regiões Nordeste e Sudeste, que tem os maiores índices de informalidade, devem ganhar atenção especial.

    A expectativa é tirar da informalidade mais de 400 mil pessoas nessa fase dos trabalhos. Um grande número de trabalhadores também deve ser formalizado a partir da repercussão das ações de fiscalização. O cálculo é de que esse resultado gere um aumento de receita de R$ 2,529 bilhões para o FGTS e Previdência Social, se levado em consideração o rendimento médio do trabalhador e os porcentuais de desconto do fundo (8%) e da Previdência Social (27,5%). O valor sonegado por empregado, por ano, chega a R$ 6,3 mil.

     

    Valor da multa – Nas próximas semanas, o ministro deve encaminhar à presidenta Dilma Rousseff um pedido para que o governo eleve o valor da multa para o empregador que deixa de registrar em carteira o trabalhador. “Essa multa está defasada há 20 anos”, reclama Manoel Dias. Segundo ele, o valor de R$ 402,53 por trabalhador sem carteira assinada não assusta o sonegador, que muitas vezes prefere arriscar e manter os trabalhadores irregulares.

     

    Fiscalização eletrônica – Os Auditores Fiscais do Trabalho também deflagram a partir desta semana a terceira etapa do Programa de Fiscalização Eletrônica, diretamente nas informações prestadas pelas empresas. A meta é recolher e notificar um valor superior a R$ 2,6 bilhões e garantir que os volumes devidos aos trabalhadores também sejam depositados nas contas vinculadas.

     

    O projeto de fiscalização eletrônica teve início ainda em 2013, com projetos pilotos em quatro estados. Em 2014, 750 auditores fiscais foram capacitados e a estrutura de equipamentos de informática foi modernizada para permitir a execução da tarefa em todo o País. “Com essa ferramenta o auditor fiscaliza e emite as notificações sem sair do ministério. Elevamos significativamente o alcance das ações e ainda economizamos com deslocamento e diárias de viagem”, acrescentou Manoel Dias.

     

    O MTE avalia que a sonegação média do FGTS pelas empresas é de 7% ao ano. Isso representa R$ 7,3 bilhões se levado em consideração que a arrecadação do Fundo no ano passado foi de R$ 104,5 bilhões. “Nós vamos em busca dessa diferença, e esperamos ultrapassar a meta de R$ 2,6 bilhões, já que temos a recolher FGTS não apenas do ano passado”, complementou o ministro.

  • CS Compusoftware apresenta solução inteligente para o setor de avicultura durante a 56ª Festa do Ovo (SP)

    CS Compusoftware apresenta solução inteligente para o setor de avicultura durante a 56ª Festa do Ovo (SP)

     

    Empresa mira ainda em 2015 conquistar novos mercados a partir de cases da postura brasileira

     

    A CS Compusoftware participa pela terceira vez da maior feira nacional de avicultura, a Festa do Ovo de Bastos, no interior de São Paulo, que acontece entre 17 e 19 de julho. A CS apresentará o software de gestão com foco no setor de avicultura ao público em seu estande, a ferramenta Compusoft-ERP Avicultura.

     

    A característica principal da ferramenta é a administração da produção de ovos, além de acompanhar todo o desenvolvimento da postura das aves, classificação dos ovos e gerenciamento da fábrica de ração, permitindo que os gestores dos diversos setores da empresa avícola analisem os resultados num mesmo local, tornando fácil e precisa a tomada de decisões.

     

    Mauricio Mantovani, consultor de vendas na CS receberá os visitantes explicando como funciona a ferramenta que já é tendência entre as empresas que cada vez mais buscam uma maneira para a realização de tarefas integradas, agilizando e economizando tempo.

     

    “A Festa do Ovo é uma excelente impulsionadora de contatos, e durante a nossa participação nesses três últimos anos já conquistamos ótimos negócios. Um evento de grande porte onde podemos ter contato com empresas da América do Sul, além das principais empresas do Brasil”, analisa Mantovani.

     

    Festa do Ovo de Bastos

    De: 17.07 a 19.07

    Horário: 14h

    Local: Recinto de Exposições Kisuke Watanabe (Bastos/SP)

    Site: www.bastos.sp.gov.br

     

    Sobre CS Compusoftware

    A CS Compusoftware desenvolve soluções inteligentes para gestão de negócios para empresas, incluindo serviço de consultoria especializada e fornecimento de softwares integrados, sendo uma importante ferramenta de gerenciamento para tomada de decisão. Este sistema avançado de gestão de negócios busca atender a todas as áreas de empresas, ganhando agilidade e eficiência e reduzindo custos. Mais informações: www.cscompusoftware.com.br

  • Agropastoril SMC aposta em software inteligente

    Agropastoril SMC aposta em software inteligente para controlar custos e aumentar rendimento

     

    Processo reprodutivo, produção de sêmen, controle sanitário, vistoria técnica, exame laboratorial, confinamento e premiações, entre outros, são alguns dos processos que podem ser controlados e comparados por meio de relatórios flexíveis do módulo de Pecuária desenvolvido pela CS Compusoftware.

     

    A Agropastoril SMC, sediada em Nova Andradina (MS), descobriu com o uso da tecnologia uma importante aliada para melhorar o funcionamento e o fluxo de dados vitais no seu dia a dia. Optaram pelo investimento em um sistema de gestão do negócio devido à necessidade de ter um maior controle das atividades realizadas pela empresa.

     

    A Agropastoril SMC utiliza o sistema em gestão pecuária da Compusoftware e controla as informações dos animais desde a compra ou nascimento até sua última movimentação. É um software que realiza tarefas como manutenção das vendas, doações ou transferências e controle do estoque de gado, e tem como característica principal a administração do manejo dos animais, orientado ao planejamento e ao controle das atividades pecuárias.

     

    Constituído sob o conceito de integração on-line, o sistema oferece o controle por categoria (mudança de faixa etária do animal) e ficha do animal (entradas anteriores e genealogia), sempre com objetivo em obter o melhor rendimento possível no manejo e adequar os serviços auxiliares ao tamanho ideal da propriedade, proporcionando o menor custo operacional para o negócio.

     

    “O investimento em uma nova ferramenta possibilitou melhor controle. O sistema integrado apresenta facilidades em gerenciar todas as atividades que a empresa desempenha”, afirma Paulo Edson de Morais Enz, encarregado de escritório administrativo da Agropastoril SMC.

     

    As informações integradas otimizam o tempo e a eficiência do negócio permitindo visualizar de forma clara as necessidades que surgem durante a produção, além de reduzir o tempo gasto em atividades que antes demorariam mais para serem executadas.

     

    Muitos produtores ainda têm apreensão em fazer uso da tecnologia para os negócios. Mas ela não só aumenta a eficiência da gestão, como possibilita que todas as áreas conversem umas com as outras.“Nós acreditamos que o futuro da pecuária vai depender muito de controlar sua gestão, saber quanto custa e o que você produz e sua margem de lucro, então daqui para frente, não dá para pensar numa boa gestão na pecuária sem o auxílio da tecnologia”, afirma Enz.

  • COAVE (PI) melhora velocidade, estabilidade e atendimento dos produtores de aves

    COAVE (PI) melhora velocidade, estabilidade e atendimento dos produtores

    de aves com sistema de gestão inteligente

     

    A Cooperativa Mista dos Avicultores do Piauí (COAVE) investe desde 2013 nas soluções de gestão da CS Compu-Software. O módulo Avicultura do pacote Compusoft-ERP realiza centenas de tarefas, agilizando e economizando tempo nas atividades da cooperativa e otimizando a versatilidade de cada departamento. Além disso, conta com um software que partilha uma base de dados comum e integra informações entre diversos módulos, reduzindo o uso de mão de obra e com melhor desempenho operacional.

     

    O pacote de soluções utilizado pela COAVE submete a cooperativa a uma lógica de procedimentos capazes de acompanhar todo o desenvolvimento da postura das aves e classificação de ovos, além de gerenciamento da fábrica de ração. Esse sistema pode ser utilizado por empresas do setor de Avicultura de postura que desejam acompanhar de perto a produção e classificação de ovos, bem como o planejamento e controle da alimentação das aves, entre outras etapas da cadeia produtiva.

     

    “Tínhamos um sistema bastante defasado. Já é possível sentir uma real diferença em velocidade, estabilidade e atendimento. Com isso, diminuímos o retrabalho pela integração de dados. A rapidez e estabilidade do sistema também proporciona redução de tempo com manutenção. A redução de custos acabou acontecendo naturalmente”, comenta Artur Henrique Batista Corrêa, o técnico de apoio ao usuário de informática da COAVE.

     

    Artur informa que 100% das informações são digitalizadas. “Temos o controle da operação por inteiro. O sistema abrange toda a empresa e nos traz segurança e agilidade impressionantes”, conclui.

  • DCastilho Máquinas Industriais (SP) busca redução de custos com o uso de sistemas de gestão inteligente

    DCastilho Máquinas Industriais (SP) busca redução de custos com o uso de sistemas de gestão inteligente

     

    Redução de estoques. Esse é um dos principais benefícios alcançados pela DCastilho Máquinas Industriais, localizada em Buritama (SP), com a parceria mantida com a CS Compu-Software, empresa especializada em soluções de gestão de negócios.

     

    A parceria teve início em 2011, com alguns serviços. Convencida dos benefícios dos serviços da CS, atualmente a DCastilho utiliza todas as ferramentas de gestão disponíveis.

     

    “Os pacotes de soluções nos ajuda na melhor organização da companhia e na redução dos estoques, setores nos quais antes se concentravam muitos desperdícios. “O nível de informação, qualidade de conhecimento sobre cada gasto, as etapas do processo, custo exato de cada item. Tudo isso só foi possível por meio dos sistemas de gestão inteligente da CS”, explica o gerente administrativo da DCastilho, Paulo Ribeiro.

     

    A CS Compu-software desenvolve soluções de gestão de negócios que permitem a integração entre todas as áreas das empresas, proporcionando velocidade na extração dos dados e confiabilidade na informação. O gerente da DCastilho comenta sobre a importância da implantação dos softwares pelo fato de a empresa ter negócios diferentes, sendo mais fácil para verificar o que traz resultado e o que não traz.

     

    “A gestão profissional tem como característica principal potencializar a administração da produção, a eficiência profissional, a diminuição de custos e o melhor controle das atividades realizadas. Hoje, já não conseguimos mais trabalhar sem um sistema desse porte, que nos ajuda em todas as tarefas”, assinala Ribeiro.

  • O desafio da gestão eficiente para gerenciar atividades na pecuária

    O desafio da gestão eficiente para gerenciar atividades na pecuária

     

    Por Paulo Ribeiro*

    Gestão eficiente, como redução de custos e melhoria dos indicadores operacionais, é uma busca incessante das empresas de todas as áreas de atuação. Mas será que há conhecimento efetivo do real significado de gestão eficiente? No dicionário, eficiência está relacionada a quem que desenvolve alguma coisa (trabalho ou tarefa), de modo correto e sem erros; obtém ou ocasiona resultado esperado; que alcança bons resultados com mínimo de desperdício.

     

    Portanto, eficiência na produção significa garantir a velocidade necessária sem abrir mão da qualidade, para que não haja necessidade de retrabalho. E, para alcançar essa gestão eficiente, a empresa deve estar atenta ao seu desempenho organizacional. Ou seja, é preciso que a alta administração tenha controle pleno de tudo o que acontece, seja no micro ou macro ambiente.

     

    O gestor deve ter em mente que a busca pela excelência é contínua – o mercado não permite descuidos com relação à qualidade do produto oferecido, mas, ao mesmo tempo, não quer pagar mais por isso. Dessa forma, se justifica a necessidade de um rígido controle de processo produtivo, com indicadores nas várias fases do processo, para garantir uniformidade do início ao fim.

     

    Nesse sentido, inovação é a palavra de ordem para garantir a diferenciação no mercado. E, para inovar, é necessário que a empresa tenha velocidade na tomada de decisão que, por sua vez, deve ser amparada por informações gerenciais precisas e, portanto, confiáveis.

     

    A pecuária brasileira cresce ano após ano, assim como a necessidade de o produtor de se profissionalizar e buscar tecnologias que o auxiliem na busca por rentabilidade. É necessário produzir mais e melhor, gastando menos, com o uso de tecnologias que possibilitam longevidade aos sistemas pecuários, os quais – normalmente – são passados por gerações.

     

    É importante observar a forma de crescimento das empresas pecuárias para que isso não se transforme em um problema futuro. Os investimentos devem ser planejados para garantir o aumento de escala, no qual o custo de produção se mantenha ou, melhor ainda, diminua. Há milhares de exemplos de empresas que passaram por esse processo e contabilizaram grandes prejuízos, comprometendo seriamente seu negócio e até desaparecendo. Por isso, é preciso fazer planejamento eficaz de longo prazo para proporcionar a segurança necessária para o empresário tomar a decisão para investir corretamente.

     

    A boa notícia é que há mercado há diversas ferramentas que auxiliam as empresas pecuárias a melhorar o seu modelo de gestão. A dica é extrair o melhor dessas ferramentas, de forma a desenvolver um modelo próprio de gestão, de acordo com as particularidades e recursos disponíveis de cada organização. O mais importante é que esses processos sejam utilizados de forma integrada entre todas as áreas e não caminhem individualmente.

     

    Porém, o maior desafio não é desenvolver um bom planejamento, mas colocá-lo em prática. Para isso, é preciso ajuda de especialistas. A CS Compu-Software desenvolve soluções para propriedades pecuárias e tem know-how na atividade, podendo auxiliar as empresas nesse processo com soluções que permitem transformar o negócio de forma integrada, fornecendo informações precisas em tempo real. Esse processo garante agilidade no compartilhamento de informações com a alta direção e respostas rápidas às oscilações do mercado, colaborando para a redução de custos e excelência produtiva.

     

    *Paulo Ribeiro - Mestre em Engenharia de Produção pela UNESP, MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, Tecnólogo em Processamento de Dados.  Atua como Consultor em Gestão Empresarial na CS Soluções em Gestão Empresarial e professor do curso de Pós-Graduação em Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas.

  • Usina Da Mata (SP) foca em rentabilidade com o uso de sistemas de gestão inteligente

    Usina Da Mata (SP) foca em rentabilidade com o uso de sistemas de gestão inteligente

     em todas as áreas da empresa

     

    “A rentabilidade da usina resulta da eficiência dos processos produtivos e inovadores”. Essa é a filosofia que a Usina da Mata (Valparaíso, SP), usa para definir a importância da gestão dos negócios da empresa.

     

    Desde 2006, a Usina Da Mata utiliza soluções de gestão de negócios da CS Compusoftware, que integram todas as áreas da indústria, tanto para o controle produtivo agrícola e industrial quanto para as áreas administrativa, financeira e de RH. “A Usina Da Mata preza firmemente pelo desenvolvimento das pessoas, investindo em equipamentos e tecnologia de ponta, buscando a constante melhoria do processo produtivo. Para isso, é fundamental contar com ferramentas inteligentes, que reduzem os custos operacionais e aumenta a produtividade”, pontua  Aliana da Silva, da Usina da Mata.

     

    A CS Compusoftware desenvolve soluções inteligentes que permitem a integração entre todas as áreas das empresas, proporcionando velocidade na extração dos dados e confiabilidade na informação. “A rentabilidade é muito importante para a Da Mata. Para que este pilar seja atingido, é imprescindível obter informações rápidas e confiáveis. E isso começa pelos apontamentos de campo, depois pela velocidade no processamento dos dados, emissão dos relatórios e ações práticas, tomadas a partir das informações geradas, buscando a melhoria dos processos para aumento da produtividade e redução dos custos”, reforça Aliana da Silva.

     

    Todos esses atributos são conquistados diariamente a partir do uso das ferramentas da CS, que a ajudam a Usina Da Mata a atingir os seus objetivos. Além dos sistemas inteligentes, é necessário o envolvimento e a compreensão de todos os colaboradores. “Eles precisam saber qual o seu papel, o que se espera deles e o que cada um pode fazer melhor para, juntos, fazerem a diferença. Somos uma empresa nova, que trabalha arduamente para implantar em todos os níveis a cultura voltada para resultados com a valorização das pessoas”, conclui Aliana.

  • O desafio da gestão eficiente

    O desafio da gestão eficiente em um segmento em plena expansão

     

    Gestão eficiente é hoje uma busca incessante das empresas. Mas será que há um conhecimento definido sobre o real significado de gestão eficiente? No dicionário, eficiência é está relacionado àquele que desenvolve alguma coisa, trabalho ou tarefa, de modo correto e sem erros; obtém ou ocasiona resultado esperado; que alcança bons resultados com mínimo de desperdício.

     

    Portanto, eficiência na produção significa garantir a velocidade necessária sem abrir mão da qualidade, para que não haja necessidade de retrabalho. E para alcançar essa gestão eficiente, a empresa deve estar atenta ao seu desempenho organizacional, já que isso significa que ela precisa de uma gestão na qual a alta administração tenha controle pleno de tudo o que acontece, seja no micro ou macro ambiente.

     

    O gestor deve ter em mente que a busca pela excelência é contínua – o mercado não permite descuidos com relação à qualidade do produto que é oferecido, mas, ao mesmo tempo, não quer pagar mais por isso. Dessa forma, se justifica a necessidade de um alto controle de processo produtivo, com indicadores nas várias fases do processo, para garantir uniformidade do início ao fim.

     

    Nesse sentido, inovação é a palavra de ordem para garantir a diferenciação no mercado e, para inovar, é necessário que a empresa tenha velocidade na tomada de decisão que, por sua vez, deve ser amparada por informações gerenciais.

     

    E essa constante busca pela eficiência envolve todos os segmentos, inclusive o de pet, que vive um momento de expansão considerável – dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (ABINPET) apontam que o setor faturou R$ 15,2 bi em 2013, aumento de 7,3% frente ao R$ 14,2 bi de 2012. Em comparação a outros segmentos, o mercado pet representa 0,31% do PIB nacional, à frente dos setores de geladeiras e freezers, componentes eletrônicos e produtos de beleza, por exemplo.

     

    Porém, é importante observar a forma de crescimento das empresas para que isso não se transforme em um problema futuro. Os investimentos devem ser planejados para garantir um aumento de escala, no qual o custo de produção se mantenha ou diminua. E existem vários exemplos de empresas que passaram por isso e contabilizaram grandes prejuízos, comprometendo seriamente seu negócio. Por isso, um planejamento eficaz de longo prazo pode trazer segurança necessária para que o empresário tome a decisão correta para investir.

     

    Hoje no mercado há diversas ferramentas que auxiliam as empresas a encontrar seu modelo de gestão. A orientação é a junção dessas ferramentas de forma a desenvolver um modelo próprio de gestão, de acordo com as particularidades e recursos disponíveis de cada organização. O importante é que as ferramentas sejam utilizadas de forma integrada entre todas as áreas e não que caminhem individualmente.

     

    Porém, vemos que o maior desafio não é desenvolver um bom planejamento, mas colocá-lo em prática. Algumas empresas, como a Compu-Software (CS), que no segmento pet desenvolve soluções para laboratórios, fábricas de ração e indústrias em geral, auxilia nesse processo disponibilizando soluções que permitem transformar estratégia em ação de forma integrada, fornecendo informações em tempo real. Esse processo garante agilidade no compartilhamento de informações com a alta direção e respostas rápidas às oscilações do mercado.

     

    Paulo Ribeiro - Mestre em Engenharia de Produção pela UNESP, MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, Tecnólogo em Processamento de Dados.

    Atua como Consultor em Gestão Empresarial na CS Soluções em Gestão Empresarial e professor do curso de Pós-Graduação em Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas.

  • Resultados da parceria da CS com Grupo Soares Oliveira, da Paraíba

    Gestão mais eficiente e processos 80% mais rápidos: Resultados da parceria

     da CS com Grupo Soares Oliveira, da Paraíba

     

    Os softwares foram implantados nas empresas dos segmentos têxtil e sucroalcooleiro.

     

    Garantir agilidade, precisão e segurança das informações. Todos esses benefícios, essenciais à gestão de qualquer negócio, foram conquistados pelas empresas de diferentes segmentos do Grupo Soares Oliveira com a implantação de softwares de gestão específicos para cada um dos seus negócios – sucroalcooleiro e têxtil.

     

    A parceira nessa empreitada de garantir uma gestão mais eficiente é a Compu-Software (CS), que iniciou a implantação do software na Usina Monte Alegre, em julho de 2012, que, até então, não tinha um sistema integrado – eram vários sistemas funcionando individualmente, o que gerava retrabalho no controle.

     

    O software tem o objetivo de gerenciar informações sobre custos e acompanhamento da lavoura e plantio – tudo de forma unificada. “A implantação do software ocorreu de forma paralela em vários setores – tínhamos de cinco a seis consultores da CS trabalhando ao mesmo tempo na usina”, destaca Hernani Elias Bobrzyk – controller do Grupo Soares Oliveira.

     

    Ele aponta como principais benefícios já conquistados, a melhoria do gerenciamento de custos de produção agrícola e industrial, informações com mais rapidez e precisão, velocidade de conclusão dos fechamentos mensais – contábil e tributário, segurança e rapidez no gerenciamento dos clientes e fornecedores.

     

    “Ganhamos 80% a mais em rapidez nos processos. Fechávamos a contabilidade com defasagem de até três meses e hoje conseguimos fazer em um mês”, afirma Hernani.

     

     Próximos passos

     

    Além da usina, teve início o processo para implantação do software em duas unidades do segmento têxtil - a Brastex, nas cidades de João Pessoa e Santa Rita (30 km da capital). “Será realizada a adaptação do software para o segmento industrial/têxtil. O negócio é voltado ao algodão beneficiado que se transforma em fios de diferentes tipos de algodão”, explica Hernani.

     

    Mas essa parceria do Grupo com a CS no segmento têxtil não é inédita – a empresa já desenvolve os softwares para a Cia. Industrial do Sisal - CISAL, que também já utiliza o sistema têxtil, mas para o cisal, desde 2012.

     

    Agora, nessas outras duas empresas, o desafio é agilizar os processos e dar mais segurança de informações à área tributária, com um software que integre os setores administrativo, financeiro, fiscal e tributário.

     

    “Ao longo desses anos de parceria, o que percebemos como principais benefícios dos softwares da CS – precisão, agilidade, segurança e redução de custos”, reforça.

     

    A implantação nas duas unidades está prevista para janeiro de 2015.

  • Software desenvolvido para agropecuárias do Grupo de Biasi garante agilidade e precisão das informações

    Gestão Estratégica: Software desenvolvido para agropecuárias do Grupo de Biasi garante agilidade e precisão das informações

     

    A implantação das soluções inteligentes de gestão é resultado da parceria de mais de cinco anos com a CS.

     

    Agilidade e precisão das informações. Esses foram os principais benefícios alcançados pelas Agropecuárias JB e WR, do Grupo de Biasi, localizadas em Novo Horizonte (SP), com a parceria mantida com a Compu-Software (CS).

     

    A princípio, as agropecuárias utilizavam um sistema próprio, desenvolvido internamente pela equipe de TI, sendo a folha de pagamento o único processo terceirizado na propriedade. No momento em que mudaram o fornecedor desse sistema, também teve início a parceria com a CS, que já desenvolvia softwares da Usina Estiva, pertencente ao mesmo Grupo, tornando-se, assim, o fornecedor de software para folha de pagamento das agropecuárias.

     

    “Logo depois, a CS já implantou todo nosso sistema de RH, parceria que se estendeu e hoje 90% de todos os softwares utilizados nas agropecuárias são da CS”, aponta Pedro de Arruda Alvarenga Neto, encarregado de custo do Grupo de Biasi.

     

    Hoje as áreas que utilizam soluções da CS na área de pecuária são: financeiro, comercial, contabilidade, industrial (para controle de estoque do rebanho de médio porte), agrícola (controle de pasto) e automotivo.

     

    Os benefícios desse sistema desenvolvido especificamente para as agropecuárias, segundo Pedro, vão desde a agilidade e precisão no levantamento das informações, o que contribui para tomadas de decisões mais rápidas e, consequentemente, redução de custos, além da possibilidade de levantamento de informações que, até então, não eram possíveis no sistema anterior, por exemplo, a divisão de animais por categoria e o controle de produção da fazenda.

     

    “Estávamos crescendo muito e percebemos a necessidade de maior controle do rebanho e dos processos. Além disso, o sistema pode ser adaptado para acompanhar nosso crescimento – evoluímos passo a passo”, explica.

  • CS apresenta soluções inteligentes de gestão na Pet South America 2014

    CS apresenta soluções inteligentes de gestão na Pet South America 2014

     

    A Compu-Software (CS), empresa que desenvolve sistemas inteligentes para empresas de diferentes segmentos, pela primeira vez estará no principal evento do segmento pet da América Latina, a 13ª Pet South America, realizada de 28 a 30 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). A proposta da empresa é se aproximar ainda mais desse segmento e movimenta mais de R$ 14 bi (dados de 2013) por ano no País.

     

    A participação da Compu-Software no evento é resultado da parceria com o Laboratório Arenales, que estará com estande na Pet South America, onde o consultor de relacionamento da CS, Maurício Mantovani, apresentará aos visitantes e expositores as soluções em softwares integrados e consultoria, constituindo-se como um sistema avançado de gestão de negócios que busca atender a todas as áreas funcionais de empresas de diferentes segmentos, inclusive pet.

     

    Sobre o evento

    A Pet Soth America reúne expositores dos segmentos de nutrição, saúde animal, higiene e beleza, acessórios, serviços e equipamentos para o setor pet e veterinário. É voltada principalmente para médicos veterinários, proprietários de pet shops, clínicas veterinárias, criadores e distribuidores. Acontece de 28 a 30 de outubro, das 13h às 21h, no Expo Center Norte, em São Paulo.

     

    Sobre a Compu-Software

    A Compu-Software desenvolve sistemas inteligentes para empresas, que inclui serviço de consultoria especializada, fornecimento de softwares integrados, sendo uma importante ferramenta de gerenciamento para tomada de decisão. Este sistema avançado de gestão de negócios busca atender a todas as áreas de empresas, dentre eles, está o CS Pecuária, que permite controlar e administrar com eficiência as informações do rebanho; CS Avicultura, administra a produção do ovo e controla todas as informações sobre as aves; CS Recursos Humanos, solução eficiente que permite uma visão estratégica da administração de pessoal; CS Indústria, administração da produção orientada para o controle das atividades industriais.

  • Com investimento em softwares de gestão, Usina Diana (SP) espera colher um milhão e meio de toneladas

    Com investimento em softwares de gestão, Usina Diana (SP) espera colher um milhão e meio de toneladas, o dobro da última safra

     

    A Usina Diana, de Avanhandava, interior de SP, espera para esta safra colheita de 1 milhão e meio de toneladas de cana, número  50% maior que o da última safra. Para que esse crescimento seja possível em um cenário econômico desfavorável, houve um grande investimento na construção de uma nova linha de moenda e também o investimento em novas tecnologias.

     

    “Temos uma nova recepção de cana, que visa otimizar as condições de abastecimento com mínima deterioração da cana e perdas de açúcar, além de uma nova moagem, ambas são superiores as que tínhamos, fizemos aquisições de ponta buscando uma performance mais elevada e o aumento da produtividade”, conta Renato Barros de Oliveira, gerente administrativo da Usina Diana.

     

    Investir em tecnologia tem sido uma saída para a Usina Diana, que nos últimos anos automatizou uma série de processos internos com o auxílio de softwares e ferramentas de gestão. Um dos investimentos foi em softwares que possibilitassem otimização da gestão e ganho de tempo dos procedimentos de rotina.

     

    A usina em 2006 investiu no Compusoftware ERP, que consiste numa solução inteligente inteiramente integrado on-line, ou seja, um sistema avançado de gestão de negócios que busca atender todas as áreas funcionais de Empresas. Dado ao seu volume de processos configuráveis, o sistema garante sua adaptação e direcionamento para cada tipo de negócio, assegurando suas características e necessidades, com essa ferramenta, a empresa ganhou todo o controle industrial de colheita de talhões, rendimentos, produção e hoje controla desde a colheita até a folha de pagamento.

     

    Renato Oliveira é do tempo em que os processos da usina eram manuais e vê grande avanço na gestão com o auxílio da tecnologia: “Não consigo nem imaginar como seria o trabalho que fazemos sem o auxílio da Compusoftware ERP, sou do tempo em que usávamos o papel e agora temos controle das informações de forma mais rápida e precisa, com mais qualidade”.

     

    Segundo Oliveira, com as informações que a empresa detem, hoje conseguem controlar os custos de cada setor e enxergar de forma mais clara e específica o que precisa ser melhorado.

     

    Sobre a Usina Diana

    Fundada em 07 de maio de 1981, a Usina Diana está situada na cidade de Avanhandava, interior de São Paulo. Hoje conta com aproximadamente 1.350 colaboradores diretos, e mais de 15.000 indiretos, a usina possui capacidade de fabricação de 10.000 scs/dia de açúcar e de produção de 220 m³/dia de etanol hidratado e 100 m³/dia de etanol anidro. Mais informações: www.usinadiana.com.br

     

    Sobre CS Compusoftware

    A CS Compusoftware desenvolve soluções inteligentes para gestão de negócios para empresas, incluindo serviço de consultoria especializada e fornecimento de softwares integrados, sendo uma importante ferramenta de gerenciamento para tomada de decisão. Este sistema avançado de gestão de negócios busca atender a todas as áreas de empresas, ganhando agilidade e eficiência e reduzindo custos. Mais informações: www.csgestaodenegocios.com.br

  • Grupo Aralco (SP) espera colher 3 milhões e 800 mil toneladas de cana-de-açúcar nesta safra

    Grupo Aralco (SP) espera colher 3 milhões e 800 mil toneladas de cana-de-açúcar nesta safra

     

    O Grupo, que iniciou as colheitas em abril, credita os bons resultados aos últimos investimentos e modificações na gestão

     

    Luiz Romeu Voss é gerente agrícola da Aralco, localizada na cidade de Santo Antônio do Aracanguá, interior do Estado de São Paulo e conta que houve pesado investimento nas usinas do grupo. “Investimos cerca de 40 milhões em locação e compra de novos equipamentos, entre eles, tratores, colhedoras, caminhões , pulverizadores e também investimentos em agricultura de precisão. Agora, depois de um ano, o retorno já começa a aparecer e a expectativa é colher em torno de 3 milhões e 800 toneladas”.

     

    Além do investimento em maquinário, a Aralco aposta em tecnologia para otimizar os resultados e ter mais eficiência da gestão. “Os sistemas de gestão inteligente da Compusoftware ERP auxiliam na informação desde a entrada de materiais até a geração de notas, fluxo de caixa, ajudando na unificação das informações, gerando segurança e ganho de tempo”. A ferramenta da CS Compusoftware consiste numa solução inteligente inteiramente integrado on-line, um sistema avançado de gestão de negócios que busca atender todas as áreas funcionais das Empresas. Dado ao seu volume de processos configuráveis, o sistema garante sua adaptação e direcionamento para cada tipo de negócio, assegurando suas características e necessidades.

     

    O tempo é de mudanças, Voss conta que antes do investimento, não conseguiam ter total controle do que produziam. “Utilizávamos um sistema que não acompanhava as nossas necessidades, por causa disso perdemos 24 anos de dados e tivemos que começar do zero, agora conseguimos inclusive reduzir custos, ver onde estávamos ganhando, e onde precisávamos ter mais atenção”, dercreve.

     

    Com todos os investimentos realizados no último ano, a empresa economizou em torno de 70 milhões, e já vê uma recuperação mesmo num cenário econômico pouco favorável no setor: “Investimos e inovamos a empresa como um todo, aumentamos em 100% a capacidade produtiva, estamos bastante otimistas com próximos resultados”, finaliza Voss.

     

    Sobre ARALCO

    A ARALCO prepara a terra, planta, colhe, transporta a cana para produzir etanol e açúcar, imprimindo agilidade e eficiência em todas as etapas de seu processo produtivo. Todo este processo segue rigorosos padrões de qualidade, que visam superar as expectativas de nossos clientes, gerar valor aos acionistas, manter padrões de crescimento sustentáveis, culminando com a melhoria de vida das pessoas.

     

    Sobre a Compu-Software

    A Compu-Software desenvolve sistemas inteligentes para empresas, que inclui serviço de consultoria especializada e fornecimento de softwares integrados, sendo uma importante ferramenta de gerenciamento para tomada de decisão. Este sistema avançado de gestão de negócios busca atender a todas as áreas de empresas, dentre eles, o CS Pecuária, que permite tornar mais eficientes as informações do rebanho; CS Avicultura, administra a produção do ovo e controla todas as informações sobre as aves; CS Recursos Humanos, solução eficiente que permite uma visão estratégica da administração de pessoal; CS Indústria, administração da produção orientada para o controle das atividades industriais.

  • Em tempos de crise Usina Termo Elétrica (SE) investe em software de gestão e tem colheita 30% maior

    Em tempos de crise Usina Termo Elétrica (SE) investe em software de gestão e tem colheita 30% maior

     

    A Usina Termo Elétrica Lolando Leite, localizada em Capela, interior de Sergipe, utiliza desde janeiro o software em gestão, da CS Compusoftware. Com a nova ferramenta, a Usina que acaba de encerrar a colheita, alcançou 422 mil toneladas, e já faz planos para a próxima safra, que tem início em setembro, a expectativa é chegar a 500 mil.

     

    “Aqui em Sergipe não é diferente, sentimos a crise também no setor sucroenergético, assim como acontece no Brasil todo, porém, conseguimos 100 mil toneladas a mais nessa colheita, e isso foi fruto do investimento em maquinários e no software de gestão”, comenta Ezequiel Ferreira Leite Filho, gerente industrial da Usina.

     

    Com a chegada da nova ferramenta, a Usina integrou melhor os setores, como financeiro, compras, RH. “Hoje, mesmo diante da crise é essencial as empresas investirem em tecnologia, pois é um retorno que você vai conseguir lá na frente, e não pode ser visto como gasto. O software de gestão nos ajudou principalmente na parte organizacional ficando mais fácil a comunicação entre as áreas. Agora conseguimos ter até o controle de perdas na colheita”, conta Ezequiel.

     

    Desenvolvido sob o conceito de integração on-line, o sistema Compusoftware ERP oferece o controle de uso dos insumos industriais e a identificação das ociosidades, sempre com o objetivo de obter o melhor rendimento industrial possível e adequar os serviços auxiliares ao tamanho ideal do negócio, proporcionando o menor custo operacional.

     

    Os módulos do sistema CS ERP (entrada de colheita, corte carregamento e transporte, controle de fornecedores agrícolas, tratos culturais e plano de serviços de campo) submetem os usuários a uma lógica de procedimentos capazes de estabelecer – por meio de linguagem comum – rotinas de planejamento e acompanhamento de todas as atividades.

     

    Sobre CS Compusoftware

    A CS Compusoftware desenvolve soluções inteligentes para gestão de negócios para empresas, incluindo serviço de consultoria especializada e fornecimento de softwares integrados, sendo uma importante ferramenta de gerenciamento para tomada de decisão. Este sistema avançado de gestão de negócios busca atender a todas as áreas de empresas, ganhando agilidade e eficiência e reduzindo custos. Mais informações: www.csgestaodenegocios.com.br

  • Crise leva empresas a buscar consultorias para ‘faxina’ organizacional

    Crise leva empresas a buscar consultorias para ‘faxina’ organizacional

     

    As restrições a linhas de crédito e o aumento das taxas praticadas pelo mercado financeiro estão levando as empresas dos mais diferentes segmentos a olhar para dentro da organização e investir na redução de custos e ajustes operacionais. É a chamada faxina operacional. O resultado é o aumento da procura por consultoria de gestão.

     

    A CS Compusoftware, por exemplo, está crescendo 20% desde o início do ano. “Estamos fechando mais negócios e recebendo grande número de consultas de indústrias, prestadores de serviços e comércio para ajudar a agilizar processos, reduzir despesas, organizar áreas, ajustar a mão de obra e melhorar a operação como um todo”, informa Edson Carvalho, presidente da CS.

     

    Esse movimento acontece em todos os setores, especialmente no agronegócio. “O momento é de fazer a faxina completa. Para sobreviver e crescer em momentos de instabilidade como este é importante ter a estrutura interna enxuta e eficiente. Cada real economizado fez diferença no resultado”, complementa Carvalho.

     

    A CS especializou-se no desenvolvimento de pacotes de soluções para ajudar os empresários de todos os portes a gerenciar corretamente os seus negócios. “Nosso papel é identificar os gargalos e dar as informações essenciais para a tomada de decisão que leve ao lucro”, resume Edson Carvalho.

     

    Mais informações: www.cscompusoftware.com.br

Enviando formulário…

O servidor encontrou um erro.

Formulário recebido.